terça-feira, 9 de março de 2010

Ao Mestre com Carinho

Para começar, afirmo, “Vôo Livre, escola de Dança e Vida”.Não tenho dúvidas de que a Vôo Livre foi para mim uma melhores coisas que me aconteceu. A começar pela existência desta pessoa, Paulo Medina, professor, coreógrafo, diretor, psicólogo, amigo, colega, Assistente Social, enfim, MESTRE. Pessoa pela qual sinto muita saudade, e guardo comigo todos os dias, a cada aula que ministro, em todo momento que danço, em todo instante em que penso em vida.Resumo o “tio Paulo” em uma só palavra, Arte. Não há coisa melhor do que a Arte. É a Arte que transforma, que nos faz enxergar o invisível. Paulo Medina é acima de tudo artista. Dotado de potencialidades, um Dom de Deus. Abençoado grandemente.Ensinou-me mais do que dançar, me ensinou a olhar a vida como ela é, perfeita. Sempre me conduzindo pelos melhores caminhos, firmando diálogos constantes, que tenho certeza, vieram do céu.Recordo perfeitamente das minhas primeiras aulas, meu primeiro contato. Foi mágico. Uma outra realidade. Fiquei muito surpreso com tudo, às aulas, metodologia, alunos, grupo, família. Acho que é isso, família, uma unidade, grupo bastante acolhedor e humano. É claro que os altos e baixos existem, é natural do homem, mas sempre fui orientado a me apegar pelo melhor, lembro-me da frase que dizia: “seja melhor que você mesmo”, e levava comigo onde é que fosse, não me deixando abater pelo cansaço.Mais que formar bailarinos, profissionais da dança e para dança, Paulo Medina, Vôo Livre Cia de Dança-Cuiabá, orienta a formação de cidadãos. Pessoas seguras, conscientes de si, do meio que o rodeia, e aptas a difundir a Arte em sua totalidade, como deve ser.Não posso deixar de destacar aqui uma outra frase que Medina dizia, e que soa em mim, “A vida nos oferece o máximo, então, porque sempre nos apegamos ao mínimo? Optemos pelo máximo”. É o que tenho comigo até hoje.Forte abraço Tio Paulo.

De seu eterno aluno, bailarino, amigo, fã,Luiz Carlos Costa BezerraBarra do Garças, 16 de Outubro de 2009.

Obs: Vôo Livre Escola de Danças de Cuiabá-MT
Esta carta foi publicada em homenagem ao dia dos professores, em 2009.

Um comentário:

  1. Infelizamente ele partiu deixando saudades aqueles que conheceram.

    ResponderExcluir